Quem sou eu

Minha foto
alegre e adoro conviver com meus colegas,e com vocês meus seguidores

Seguidores

Loading...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Mona lisa (Leonardo da Vinci)

Mona Lisa é uma das mais populares pinturas do artista renascentista Leonardo da Vinci. Também conhecida como Gioconda, foi retratada por Da Vinci entre os anos de 1503 e 1506. É uma pintura em óleo sobre madeira de álamo e esta exposta no Museu do Louvre em Paris.
Quem foi Mona Lisa
Existe um grande mistério, mesmo entre a comunidade que estuda a História da Arte, sobre quem foi a mulher retratada nesta pintura. Existem algumas hipóteses. Poderia ser uma imagem idealizada de mulher, pintada pelo artista. Outra hipótese é que seria um auto-retrato de Leonardo da Vinci, vestido de mulher.
Porém, a hipótese mais aceita no momento, defende que Mona Lisa era Lisa Del Giocondo, esposa do rico comerciante italiano Francesco del Giocondo. 
Características principais da obra
Mona Lisa destaca-se pela estética, técnicas e recursos artísticos utilizados. O sorriso enigmático e a expressão serena são as características mais marcantes da pintura. 
Da Vinci buscou também retratar uma harmonia entre a humanidade e a natureza. Isto é observado na harmonia existente entre Mona Lisa e a paisagem de fundo.
Os conhecimentos matemáticos também foram usados na confecção da obra, onde o pintor buscou atingir a perfeição e o equilíbrio.
Nesta obra Da Vinci usou com perfeição a técnica do sfumato. Esta técnica consiste em criar gradientes na criação de sombra e luz numa pintura. Leonardo da Vinci é considerado o criador desta técnica.

rafael sanzio

O artista italiano Rafael Sanzio nasceu no dia 6 de abril de 1483, na cidade de Urbino, então epicentro do movimento cultural conhecido como Renascimento, filho de um pintor obscuro, Giovanni Santi. Seu pai, apesar disso, tinha ótimas relações na corte do duque Federico de Montefeltro, então célebre mecenas.
Rafael, considerado o príncipe dos pintores, elegeu especialmente a pintura e a arquitetura como meios de expressão. Ele se tornou famoso pela aura graciosa que cercava sua obra, e também por uma perfeição sem igual. Seu pai, morto em 1494, legou-lhe a devoção à pintura e o aprendizado inicial, pois ao completar seis anos seu genitor o introduziu como estudante no estúdio do famoso pintor italiano Pietro Perugino.
Com este artista o jovem apreendeu a técnica do afresco ou pintura mural. Em seu ateliê Rafael elaborou sua primeira obra significativa, O Casamento da Virgem, de 1504. Em 1501 ele concluiu sua primeira produção, um altar para a Igreja de San Nicola da Tolentino. Neste mesmo ano ele segue para Florença, centro artístico onde se desenvolveram as carreiras de Michelangelo e Leonardo Da Vinci. Este gênio das artes exerceria profunda influência sobre sua obra, que também teria a ascendência de Fra Bartolomeu.
Quatro anos depois o papa Júlio II o convida para trabalhar a seu serviço, especialmente na decoração dos aposentos do Vaticano, que se tornariam famosos como as stanze de Rafael. Aí ele permaneceu por 12 anos, encarregado de obras de vulto, que provaram o poder de sua rica e diversificada imaginação

Michelangelo

Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni (Caprese, 6 de Março de 1475 — Roma, 18 de Fevereiro de 1564), mais conhecido simplesmente como Miguel Ângelo (português europeu) ou Michelangelo (português brasileiro), foi um pintor, escultor, poeta e arquiteto italiano, considerado um dos maiores criadores da história da arte do ocidente.
Ele desenvolveu o seu trabalho artístico por mais de setenta anos entre Florença e Roma, onde viveram seus grandes mecenas, a família Medici de Florença, e vários papas romanos. Iniciou-se como aprendiz dos irmãos Davide e Domenico Ghirlandaio em Florença. Tendo seu talento logo reconhecido, tornou-se um protegido dos Medici, para quem realizou várias obras. Depois fixou-se em Roma, onde deixou a maior parte de suas obras mais representativas. Sua carreira se desenvolveu na transição do Renascimento para o Maneirismo, e seu estilo sintetizou influências da arte da Antiguidade clássica, do primeiro Renascimento, dos ideais do Humanismo e do Neoplatonismo, centrado

Leonardo da vinci


Foi um dos mais importantes pintores do Renascimento Cultural. É considerado um gênio, pois mostrou-se um excelente anatomista, engenheiro, matemático músico, naturalista, arquiteto, inventor e escultor. Seus trabalhos e projetos científicos quase sempre ficaram escondidos em livros de anotações (muitos escritos em códigos), e foi como artista que conseguiu o reconhecimento e o prestígio das pessoas de sua época.
Leonardo da Vinci fez estágio no estúdio de Verrochio (importante artista da época), na cidade de Florença. Viveu uma época em Milão, onde trabalhou para a corte de Ludovico Sforza. Até 1506, realizou trabalhos principalmente em Florença e tudo indica que nesta época tenha pintado sua obra mais famosa: a bela e enigmática Gioconda. Trabalho para o rei Francisco I da França, onde realizou belos trabalhos. Faleceu na França no ano de 1519.
Principais características das pinturas de Da Vinci: utilização da técnica artística da perspectiva, uso de cores próximas da realidade, figuras humanas perfeitas, temas religiosos, uso da matemática em cálculos artísticos, imagens principais centralizadas, paisagens de fundo, figuras humanas com com expressões de sentimento, detalhismo artístico.
Mona Lisa, obra de Leonardo da Vinci Gioconda (Mona Lisa): principal obra de Da Vinci

Postagens populares