Quem sou eu

Minha foto
alegre e adoro conviver com meus colegas,e com vocês meus seguidores

Seguidores

Loading...

sábado, 16 de abril de 2011

Rua Bento Gonçalves

Qual e o nome da tua rua ?porque ela tem  este nome?e quem foi esta pessoa?
o nome da minha rua e Bento Gonçalves e ela se chama assim por causo de Bento Gonçalves Silva um militar que buscava independência e em memória dele a rua teve o nome de Bento Gonçalves
como e quando surgiu esta rua ?
a minha rua surgiu no ano de 1847 e ela e ela ganhou o nome de Bento Gonçalves em memória de Bento Gonçalves Silva
como era antigamente esta rua ?
era sem calçamento era uma rua muito deserta e as pessoas achavam muito estranho que o seu Neneco construisse a sua casa e a loja numa rua tão deserta
o que mudo nesta rua ?
hoje ela já e asfaltada não e mais deserta nem abandonada tem muitas casas e uma rua feliz
quem são os moradores mais antigos de tua rua ?
o seu Neneco o seu adão leão e antigamente falecido Marino Andriote
existe alguma "estória" ou lenda a acontecida e contada na rua ? 
sim a que o seu neneco construiu a sua casa e loja localizadas na rua bento gonçalves ate hoje
o que te desagrada em tua rua ? 
nada me  desagrada em minha rua porque ela e maravilhosa e muito bonita
quais os pontos positivos da tua rua? 
ela nao e mais abandonada ela e uma rua linda e maravilhosa hoje ela e mais bonita e vai melhorando dia a dia
em que bairro a sua rua esta localizada ?esta rua ou avenida esta localizada no centro de charqueadas

 

sábado, 9 de abril de 2011

476 Queda de roma (fim do império romano ocidente)

A chegada dos hunos e a ameaça vi

Em geral, a expressão queda do Império Romano refere-se ao fim do Império Romano do Ocidente, ocorrido em 476 d.C., com a tomada de Roma pelos hérulos, uma vez que a parte oriental do Império, que posteriormente os historiadores denominariamImpério Bizantino, continuou a existir por quase mil anos, até1453, quando ocorreu a Queda de Constantinopla. A queda do Império Romano do Ocidente foi causada por uma série de fatores, entre os quais as invasões bárbaras que causaram a derrubada final doEstado.
Durante o seu auge nos séculos I eII, o sistema econômico do Império Romano era o mais avançado que já havia existido e que viria a existir até a Revolução Industrial. Mas o seu gradual declínio, durante os séculos IIIIV e V, contribuiu enormemente para a queda do império.
A falta de condições financeiras e a falta de escravos para uso de mão-de-obra em todo o império geraram tais quedas.
Essas medidas tiveram consequências desastrosas pois, com quase todos preços artificialmente baixos.

527 Subida ao trono de justiniano imperador romano do oriente

Cláudio Marcos Angelini
A coleção de moedas do ImpérioCláudio Marcos Angelini
A coleção de moedas do Império Bizantino, também denominado Império Romano do Oriente, inicia-se com a ascensão ao trono do imperador Anastácio I, que reinou do ano 491 a 518 d.C. 

Quando Justiniano I assume o governo, em 527 d.C., o Império Romano tem os mesmos limites territoriais que, na época do imperador Diocleciano 284-305 d.C, dividiu o maior império, já formado em toda história, em quatro regiões administradas independentemente, por ele e por três outros governantes. Em 308 d.C., essas regiões foram unificadas, duas a duas, formando o Império Romano do Ocidente, com sede em Roma, e o Império Romano do Oriente, com sede na cidade de Bizâncio. Em 324 o Imperador Constantino I, o Grande, reunificou o Império Romano, mudando sua capital para Bizâncio, declarando-a como a capital cristã, a qual posteriormente foi denominada Constantinopla, atual Istambul, ponto estratégico militar e de rota comercial para diversos povos da antigüidade. Em 395 d.C., o império foi definitivamente dividido entre os dois filhos do Imperador Theodosio. Em 476 d.C., quando Rômulo Augusto, o último imperador do Império Romano do Ocidente, foi deposto pelo bárbaro Odoacro, Roma deixaria de existir como a maior e mais poderosa nação do planeta. 

sexta-feira, 8 de abril de 2011

PROMOÇÃO DE INAUGURAÇÃO!!!!!!

Para comemorar o início do blog, que tal começar com uma super promoção??!!!

Para participar é muito fácil, é só seguir as regrinhas abaixo!



O prêmio será um super kit, que inclui:

- Uma boneca 3D à escolha do sorteado (dentre os modelos do blog ou personalizada);
- Uma ponteira 3D (modelo menina);
- Um caderno de receitas decorado;
- 2 pacotes de apliques de mãozinhas (feitas pela Michele, do blog http://micheleevart.blogspot.com/);
- 1 brinde surpresa!!!!

Em breve, coloco a fotinho dos brindes!!!!

E mais.....

SE CHEGAR A 100 SEGUIDORES, O SORTEIO SERÁ DUPLO E OS DOIS SORTEADOS GANHARÃO TODOS OS PRÊMIOS!!!!

Por isso, não perca tempo e participe!!!

Ahhhh!!! O envio, pelo correio, será por minha conta também!!!!

Bjuxx!!!

A coroação de carlos magno

Coroação de Carlos Magno (pintura de Friedrich Kaulbach, em 1861)

800: Coroação de Carlos Magno

No Natal do ano 800, Roma viveu uma invasão pacífica de nobres e guerreiros francos. Na antiga Basílica de São Pedro, onde o papa Leão 3º celebrou a missa de Natal, se reuniram autoridades eclesiásticas e líderes políticos, entre eles, Carlos – rei dos francos e lombardos.
Antes do início da missa, Carlos Magno dirigiu-se à tumba de São Pedro para venerar o príncipe dos apóstolos. Ajoelhou-se e começou a rezar. O Sumo Pontífice aproximou-se dele, trazendo nas mãos um diadema de ouro. E então, para surpresa de muitos, Leão 3º coroou o rei franco como imperador do Sacro Império Romano, investindo-o da suprema autoridade temporal sobre os povos cristãos do Ocidente.
Em clima de festa, tanto romanos quanto francos aclamaram o "grande Carlos, augusto e sereníssimo, pacífico imperador dos romanos, pela misericórdia de Deus rei dos francos e dos lombardos".


A 25 de dezembro de 800, o rei franco Carlos Magno foi coroado imperador romano pelo papa Leão 3º.

No Natal do ano 800, Roma viveu uma invasão pacífica de nobres e guerreiros francos. Na antiga Basílica de São Pedro, onde o papa Leão 3º celebrou a missa de Natal, se reuniram autoridades  e líderes políticos, entre eles, Carlos – rei dos francos e lombardos.
Antes do início da missa, Carlos Magno dirigiu-se à tumba de São Pedro para venerar o príncipe dos apóstolos. Ajoelhou-se e começou a rezar. E então, para surpresa de muitos, Leão 3º coroou o rei franco como imperador do Sacro Império Romano, investindo-o da suprema autoridade temporal sobre os povos cristãos do Ocidente.

muçulmanos invadem e conquistam a península ibérica



A invasão muçulmana da Península Ibérica, também chamada conquista árabe ou conquista muçulmana, refere-se a uma série de deslocamentos militares e populacionais ocorridos a partir do esforço iniciado em 711, quando tropas muçulmanas vindas do Norte da África, lideradas pelo general Tárique, cruzaram o mar Mediterrâneo, na altura doestreito de Gibaltar, e entraram na península Ibérica, vencendo Rodrigo.
Nos séculos seguintes, os muçulmanos foram alargando as suas conquistas na península, assenhoreando-se do território designado em língua árabe, que governaram por quase oitocentos anos.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Formação do parlamento da Inglaterra





 O parlamento foi o fruto do desenvolvimento e das peculiaridades ímpares das sociedades inglesa ao longo de vários séculos, não foi "descoberto" ou "inventado", muito menos adaptado da realidade de outros países, mas sim foi se desenvolvendo em espaços com longos anos ou séculos de calmaria frente às exigências do povo e do governo da Inglaterra.
A Revolução Inglesa foi composta por duas revoluções que se complementam, a Revolução Puritana e a Revolução Gloriosa. Essa crise começou com o aumento de produtos exportados pela Europa, prejudicando o domínio da monarquia e o chamado absolutismo, fazendo com que o rei tivesse que se desfazer de vários de seus bens.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Tomada de Constantinopla


 

No dia 29 de maio de 1453, as tropas do sultão Mehmed, o Conquistador, tomaram Constantinopla. No ano 395, o império romano se dividiu, e a sua parte oriental tornou-se o centro do poder. Sua capital era Bizâncio, um centro comercial da Antiguidade localizado no estreito de Bósforo, que foi rebatizada posteriormente como Constantinopla pelo imperador Constantino, o Grande. O círculo cultural do império bizantino era greco-romano e a religião era a cristã por imposição do imperador, convertido ao cristianismo. Isso durou mais de um milênio. Até que, em 1453, tribos turcas das estepes da Ásia Menor tomaram a cidade.

Postagens populares